CASAS MONSTRO

– OFICINA DE CARNAVAL 2018 –

Oficina de Arquitectura para Crianças

Oficinas SUPER ARQUITECTO

12 – 13 – 14 de Fevereiro

Sessão de manhã das 10h00 às 13h00

Sessão de tarde das 14h00 às 17h00

 

Há casas pequenas demais e outras monstruosas, umas excêntricas, outras de bicos de pés andam desalinhadas….

Casas Monstro, porque de nascença eram, coitadas, fora do comum para o seu Tempo. Tudo mudou e hoje elas fazem parte do património de super cidades cheias de estilo.

Oficinas Super Arquitecto

SINOPSE | Observamos na cidade o tempo e os seus diferentes estilos de casas, descobrindo e diferenciando a casa Barroca, a Moderna, a Desconstruída ou a Medieval… Depois de as sabermos, vamos reconstruí-las?

 

INFORMAÇÕES PRÁTICAS | Roupa prática e que se possa sujar, lanche se houver hábito de comer entre refeições.

DESTINATÁRIOS | Crianças dos 6 aos 12 anos.

OBJECTIVOS | Estudar e reconhecer diferentes formas de desenhar as casas e cidades. Conseguir localizar noutras cidades de Mundo essas formas do tempo. Construir uma destas casas e seu espaço na cidade. Conseguir explicar as suas características e pensar como ela ocupa a cidade.

PREÇO | 10 euros uma manhã ou tarde, 15 euros o dia inteiro, 45 euros os 3 dias.

MATERIAL | Cartolinas, canetas e lápis coloridos, tintas ou pinceis.

QUANDO | 12, 13 e 14 de Fevereiro

HORÁRIO | 10h às 13h ou das 14h às 17h

ONDE | Casa-Atelier Vieira da Silva

Inscrições através do e-mail | casa-atelier@fasvs.pt

 


RITA CATARINO (Serpa, 1984)
Arquiteta pela Faculdade de Arquitetura de Lisboa e Bauhaus Universitat em Weimar, tem também formação em Ilustração pela CIEAM da Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Em 2009 foi cofundadora da Oficina de Arquitetura Latitudes, com o objetivo pedagógico de levar a arquitetura às crianças. As oficinas passaram no Programa Nacional de Literacias e Literatura de 2013/14, nas várias edições do Arquiteturas Film Festival, na rede Municipal de Bibliotecas de Lisboa, vários museus e escolas primárias e básicas do país. Das oficinas resultaram revistas, livros e brinquedos arquitetónicos.
Tem desenvolvido estudos artísticos de investigação da paisagem e arquitetura. Entre eles “Paisagem Resgatada, Crônicas do Desaparecimento do Território da Albufeira do Alqueva” em colaboração com o Museu da Luz/EDIA e “Morfologia da Reforma Agraria” em colaboração com o Município de Montemor-o-Novo e Oficinas do Convento.
A primeira investigação resultou numa Exposição em 2015 no Museu da Luz (Aldeia da Luz, Portugal) e numa exposição integrada no Open House Roma no Complesso Ex Cartiera Latina em Roma e num Jornal em que participaram diversos artistas contemporâneos portugueses.