Acolhimento de Projectos e Actividades

A Casa-Atelier Vieira da Silva está aberta a propostas de utilização temporária do espaço do atelier (realização de workshops, conferências, cursos, etc.). São aceites propostas de particulares e de instituições com actividade cultural (associações, institutos de investigação, etc.).

Oferta:

  • São aceites propostas de actividades centradas nas seguintes disciplinas: Artes plásticas, Media Art, Design, História da Arte, Estudos de Arte, Literatura, Arquitectura e outras áreas relevantes da investigação e produção artística e cultural.
  • A FASVS disponibiliza o espaço do atelier para realização de actividades destinadas ao público em geral (cursos, conferências, workshops), promovidas por particulares ou instituições de promoção cultural.
  • A FASVS disponibiliza algum equipamento (projector datashow, etc.) para a realização das actividades.
  • A FASVS promove as actividades agendadas através dos seus serviços de comunicação.
  • A FASVS disponibiliza espaços de estudo e acesso ao Museu, Centro de Documentação e Auditório da FASVS, dentro do horário do seu funcionamento regular.
  • As actividades devem ser realizadas de acordo com o horário de funcionamento do Museu: terça-feira a domingo, das 10h às 18h.

Condições de utilização:

  • As propostas deverão ser feitas até dois meses antes da data prevista para o início das actividades.
  • As propostas são submetidas à apreciação da Direcção do Museu e do Conselho de Administração da FASVS.
  • As propostas deverão conter: objectivos; público a que se destina; cronograma; descrição da actividade; CV do(s) responsável(eis) (ver Ficha de submissão de propostas).
  • O agendamento final das actividades deverá ser acordado com a FASVS e depende da disponibilidade do espaço.
  • Todos os elementos de divulgação e promoção das actividades deverão conter o logótipo da FASVS como entidade co-organizadora.
  • A FASVS fica autorizada a recolher imagens das actividades e dos trabalhos resultantes, que integrarão o arquivo / centro de documentação e que poderão ser utilizadas pelo seu serviço de comunicação.
  • Os organizadores definem o número mínimo e máximo de participantes* e a taxa de inscrição nas actividades.
  • A gestão das inscrição e emissão dos respectivos recibos fica a cargo do organizador dando conhecimento à Fundação. 80% do valor das inscrições reverte para pagamento dos organizadores, 20% + IVA ficarão para a FASVS, para cobrir despesas mínimas de utilização dos espaços e equipamentos.

*Lotação máxima do Atelier: 25 pp. Lotação máxima do Auditório: 100 pp.